PTEN

A encarnação dos espíritos, 2015, técnica mista sobre papel, 59×70 cm

O ceramista e pintor moçambicano Celestino Mudaulane (Maputo, 1972) apresenta, na sua mais recente exposição na Galeria 111, uma série de desenhos que evocam histórias e acontecimentos da sua terra natal. Através da representação de personagens míticas, de delirantes encenações de narrativas ficcionadas e históricas, bem como de cenas festivas, religiosas e quotidianas, o artista reporta-nos para um sentido pertinentemente crítico sobre a actualidade social, política, económica e cultural de uma realidade, que nos é estranhamente próxima. Ao apresentar estas obras no seio da capital do “antigo império”, Lisboa, a leitura das imagens transforma-se e desvela-se. Se inicialmente os códigos e as estórias se revelam pessoais de uma identidade específica, esta reapresentação inebria e engana os espectadores mais desatentos e distraídos.

Subscrever newsletter
RESPEITAMOS A SUA PRIVACIDADE.
Subscrever newsletter
Subscribe newsletter
WE RESPECT YOUR PRIVACY.
Subscribre newsletter