PTEN

Elevas-me com o teu toque embora eu não consiga ver as tuas mãos, 2017, acrílico e preparado industrial sobre tela e balão de borracha, 190 x 200 x 29 cm

A Galeria 111 apresenta a exposição intitulada nervosa do pintor Rui Miguel Leitão Ferreira, Lisboa, 1977. Trata-se de uma nova série de pinturas que indagam o processo pictórico da imagem produzida, bem como alargam o campo bidimensional da tela. Ao questionar a superfície pictórica como espaço performativo, o artista fica implicado na construção de uma realidade que simultaneamente revela e omite as imagens visíveis e invisíveis dos acontecimentos e das sensações corpóreas. Sem promover um método de trabalho único, o artista permite-se executar diversas camadas de pintura e de desenho que vão construindo uma imagem pictórica. Num esquema que tira partido do aleatório e evoca o sensorial e que tenta não promover um sistema fixo ou singular, as pinturas iniciam-se com telas usadas na execução de outras pinturas, conseguidas através da sobreposição de sucessivas camadas de estruturas de grelhas e de desenhos figurativos. Excerto do texto original de Hugo Dinis Jun.2017.

Subscrever newsletter
RESPEITAMOS A SUA PRIVACIDADE.
Subscrever newsletter
Subscribe newsletter
WE RESPECT YOUR PRIVACY.
Subscribre newsletter